Empresário de Jadson critica o diretor do Coritiba pela condução em negociação fracassada

Marcelo Robalinho diz que Coritiba condicionava a contratação de Jadson à venda de Yan Couto, mas, após a venda do lateral, "desistiu do negócio". Coritiba rebate e diz que contraproposta não foi aceita

13
0
swag-lifestyle-Empresário-de-Jadson-critica-o-diretor-do-Coritiba-pela-condução-em-negociação-fracassada
Foto: Marco Galvão / Estadão Conteúdo

O empresário de Jadson, Marcelo Robalinho, criticou o Coritiba pela condução na negociação fracassada com o meia. Segundo ele, o Coxa condicionava a contratação de Jadson à venda de Yan Couto. Porém, mesmo com o acerto entre Yan e Manchester City, o Coritiba “desistiu do negócio”.

Vale destacar que a Think Ball, empresa de Marcelo Robalinho, é responsável pelas carreiras tanto de Jadson quanto de Yan Couto.

Citado por Robalinho e procurado pelo GloboEsporte.com, o diretor de futebol Rodrigo Pastana disse que não vai se pronunciar. A reportagem foi atualizada às 16h.

Empresário de Jadson revela detalhes da negociação fracassada com o Coritiba — Foto: Reprodução

Cerca de duas horas após a publicação da matéria, o Coritiba encaminhou uma nota oficial através de sua assessoria de imprensa. Nela, o clube diz que não concordou com os valores pedidos para salários e comissão e que a contraproposta não foi aceita.

– A negociação entre Coritiba e Jadson não teve absolutamente nada de anormal. Apenas não terminou com a contratação do atleta, como tantas outras tratativas que são corriqueiras no futebol. O Coritiba não concordou com os valores pedidos (salários e comissão) e fez uma contraproposta, que não foi aceita – enviou o clube.

O Coritiba iniciou as conversas com Jadson no final de janeiro. A contratação não era unanimidade dentro do próprio clube, mas a negociação avançou nos dias seguintes. O Coxa só esperava a rescisão de Jadson com o Corinthians para fechar com o meia.

A diretoria alviverde, porém, desistiu da contratação na metade de fevereiro. As explicações, porém, divergiam. O Coxa revelou que Jadson não teria aceitado um contrato de produtividade. Já o staff do meia afirmou que o Coritiba simplesmente desistiu do negócio.

Fora dos planos de Tiago Nunes, Jadson rescindiu o contrato com o Corinthians na semana passada – o vínculo ia até dezembro. Com isso, o meia de 36 anos, ex-Athletico, Shakhtar Donetsk e São Paulo, está livre no mercado da bola, à procura de um novo clube.


Comentários pelo Facebook